Menu Fechar

Sonhei com Ganesha

Esta noite sonhei com Ganesha. Como nunca me aconteceu, a primeira coisa que fiz ao acordar foi perguntar ao Mr. Google o que isso queria dizer.

Embora não seja devota de Deuses ou siga uma religião, a simbologia está entre os meus temas preferidos.

Mas… Enquadrando um pouco melhor… Tenho estado de volta de alguns projetos pessoais e profissionais e tinha 3 para arrancar agora com o mês de Abril.

E digo tinha porque acabei por ter de os colocar na pausa.
Ora, no dia 30 de Março, ligaram-me do hospital para marcar uma cirurgia que aguardo há um ano. E a data apresentada é já nesta semana.

Primeiro pensamento: boa, despacho já isto. Segundo pensamento: mas… Agora?!

O que quero despachar é retirar os miomas uterinos que atrapalham no bem-estar diário, especialmente devido ao volume de um deles.

Também é uma verdade que podia ter sido na fase mais calma a nível de trabalho e projetos que tive no final de 2016. Mas também é verdade que esta altura é melhor de diversas formas.

Entretanto, tive um dia mais ocupado a desmarcar consultas, reagendar outras e nessa noite tive então um sonho incomum no meu portfólio. Um sonho em que era observadora e em que não fazia parte dos personagens da história.

Sonhei com um rapazito que gostava muito de jogar à bola e que jogava bem. No entanto, é como se, mais do que não serem valorizadas, aquelas suas capacidades estivessem a ser anuladas pelos amigos e a escola onde andava. Quase como se lhe ensinassem movimentos incompatíveis com o seu SER.

Surgiu então uma oportunidade, pela mão de alguém, e ele foi para uma nova escola, aprender como desenvolver o seu gosto e capacidades com a bola.

Às tantas já havia uma equipa que funcionava muito bem e cujo ambiente era propício ao desenvolvimento em conjunto.

Certo dia havia um jogo importante e eles tinham de treinar, contudo estavam todos sentados numa sala, sem o fazer – e aqui já me encontrava presente na sala, junto do rapaz e os seus colegas de equipa. Lembro-me da sensação de alguma preocupação em não perder a hora do jogo.

No momento seguinte reparo que estamos todos sentados de frente para a mesma parede onde se encontra pendurado um símbolo, como se fosse o emblema do clube – algo meio circular.

Então, lembro a sensação de paz interior. Olhei o símbolo e notei que tinha no centro a figura de Ganesha, o deus com cabeça de elefante. Vi-o iluminar-se com uma luz dourada que deu mais cor e intensidade apenas ao centro deste emblema e o movimento de Ganesha que já não recordo bem se foi uma inclinação lateral da cabeça, mas que senti de alguma forma como um sorriso.

Senti uma paz e harmonia muito grandes, sorri e acordei com as palavras tender warrior em mente.

Pensei de imediato: que estranho, era Ganesha!

Podia ainda sentir a tranquilidade e o bem-estar daquele momento.
Pensei: o que será que significa?

E, assim que consegui abrir a pestana, peguei no iPad que estava na mesa de cabeceira e pesquisei no Google: significado de sonhar com Ganesha.

Percebi que não era a única com a mesma dúvida e que muitos outros já a tinham colocado anteriormente em blogs e fóruns de discussão.

As opiniões convergiam todas no mesmo sentido: Ganesha é o deus da prosperidade e um removedor de obstáculos. Não dá para explicar por palavras o meu sentimento ao lê-lo, aproximando-se apenas da gratidão serena.

Até que encontrei uma página que conta a lenda de Ganesha como filho de Shiva e Parvati, de alguma forma referido como um guerreiro, cuja cabeça de elefante é símbolo de sabedoria e paciência, para além de um lembrete da libertação do ego.

Associado à cabeça de Ganesha está o símbolo Om, que aprecio de tal forma que me acompanha, num ou noutro sentido, diariamente há mais de 15 anos.

Devo referir ainda que Shiva e Ganesha são duas figuras da cultura hindu que me atraem imenso, mesmo sem conhecer as suas histórias.

Se lhe fizer sentido, reminiscências de uma outra vivência talvez.

A minha professora de yoga disse-me que vê Ganesha como uma figura que sorri serena perante a adversidade. Gosto da ideia.

O que tirar daqui? Não sei ao certo. A ideia que mais me agrada é esta e a do removedor de obstáculos, claro. Mas vou manter a lembrança da paz, gratidão e harmonia que senti.

Já alguma vez sonhou com uma divindade?

6 Comments

  1. Candida Loiza Marcolino Dantas

    Oi Fia, tudo bem? hoje sonhei com Ganesha. No meu sonho ele era colorido e eu o colocava em cada andar de um prédio por elevador onde eu trabalhava. Houve um momento em que abri a porta e estavam 2 Ganeshas. Um que eu havia deixado para colocar em um andar e outro que o meu vizinho me deu. Este não tinha rosto, era feito em madeira, era como se faltasse pintar, fiquei emocionada de ganhá-lo no meu sonho. Fiz como você, vim pesquisar e achei tua página! E fiquei curiosa, lembra se teve algo que te marcou depois desse teu sonho? Rs…grata! Beijos

    • Sofia Morgado

      Oi, oi! Tudo bem? Por aqui, tranquilo. Espero que por aí também. 🙂
      Que sonho interessante… também bem diferente.
      Bem, Na altura fiz a operação e o pós-operatório foi bem tranquilo, sem dor e a recuperação foi rápida. O desconforto ficou para trás e considero que, de alguma forma, segui sorrindo, serena, perante a adversidade. Daí que me parece ter sido coerente com a mensagem de Ganesha. 🙂
      Lembras-te se nas representações de Ganesha colocadas em cada andar ele estava sentada ou de pé?
      A primeira é usada geralmente na entrada da casa para trazer boa sorte e proteger a família. A segunda é usada no local de trabalho simbolizando poder, entusiasmo e atitude… por isso está de pé, representando ação.
      Grata pela partilha! Beijos

  2. Aya Botelho

    Noite passada tive um sonho com Ganesha, um tanto desconfortável.
    Não me lembro de muitos detalhes, mas lembro que no sonho ele apareceu no meu quarto, sentado no chão, fiquei desconfortável de olhar nos olhos dele e me mantive de cabeça baixa!
    Ele se aproximou e sussurrava uma palavra, algo parecido com “resista” algo desse tipo, como se eu precisasse ser forte por algum motivo, Oque faz um pouco de sentido para mim pois estou numa fase um tanto complicada.
    Eu me senti muito desconfortável com o olhar direto dele sobre mim, lembro que no sonho eu tentava chamar pelo meu noivo, mas minha voz perdia força toda vez e na minha mente só vinha o fato da “boca pequena para falar menos”
    Passei a manhã toda procurando sobre sonhar com ganesha, sou muito ligada à espiritualidade e sempre tive muito interesse e um certo carinho por Ganesha
    Depois desse sonho eu sinto que preciso dele na minha vida, estou desde então com a ideia que preciso encontrar uma imagem dele e por na minha casa e necessito saber mais sobre ele.

    Achei seu relato incrível, apesar de ficar desconfortável no meu sonho pelo olhar forte e penetrante de ganesha, depois que acordei me senti imensamente bem e muito leve!

    • Sofia Morgado

      Oi Aya! Apesar do desconforto, parece-me um sonho bem interessante e coerente com a simbologia de Ganesha.
      Parece-me querer comunicar o mesmo no teu caso: a serenidade do guerreiro perante a adversidade. Não o guerreiro que luta “contra” as circunstâncias e sim aquele que persiste apesar delas, olhando para além delas, confiante de que tudo é impermanente.
      No sonho, chamares pelo teu noivo de alguma forma distraía da mensagem, como que a rejeitando. É aquilo que muitas vezes fazemos sem consciência. Não observamos aquilo que é porque estamos ocupados pensando sobre ou falando sobre… de ambas as formas, produzindo ruído.

      • Joelma Durães Costa

        Olá, eu aqui pesquisando porque sonhei com Ganesha. Na minha noite anterior, em minhas meditações, eu estava pedindo um sinal dos meus guiaspara entender um desconforto que estou passando de “me falta ajustar alguma coisa e na sei o que é”. Durante minhas petições entre luzes sempre avistava um olho. Já melhorei que era alguma coisa mas não sabia o que. De quem era o olho? Ou o que estava tentando me dizer? Dormi, sonhei. Estava em casa e numa cômoda tinha um embrulho de presente. Sentada em minha cama, eu conversava com meu esposo, ele de pé. Do nada o embrulho se locomoveu e eu questionando meu esperou-se ele via o que eu estava vendo. O embrulho de alguma forma chegou em minhas mãos. Abri e tinha alguns brinquedos e entre eles uma estátua da Ganesha. Fiquei tão alegre. Derradeiro vi meu ex marido maminha casa e eu expulsando enquanto me ameaçava. Despertei e eis me aqui pesquisando e achei você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

nine + five =