Menu Fechar

Por uma digestão mais fácil

Como costuma ser a sua digestão? Complicada? Ou tão tranquila que só dá por ela de tempos a tempos quando abusa em algo?

É óbvio que a digestão depende do tipo de alimentos que ingerimos, mas também a forma como o fazemos ou como os preparamos. Já para não falar dos níveis de stress que possamos experimentar.

Penso que tudo isto é óbvio para nós. Mas será que saber o óbvio nos leva a fazer as correcções necessárias para que obtenhamos o resultado que pretendemos?

Ou será que sabemos de todo que correcções serão necessárias?

Por não ser algo novo no meu discurso, reforço apenas a importância de estarmos atentos ao que comemos, à forma como o fazemos e à resposta do nosso organismo. Para isso é necessário estarmos mais presentes no momento (dando atenção ao aqui e agora) e “desintoxicarmos” o nosso estilo de vida de forma a que a comunicação e leitura dos sinais do nosso corpo sejam mais claras.

Entretanto, no video abaixo, abordo os seguintes tópicos:

  • Comida crua
  • Preparação dos alimentos
  • Fator stress
  • Ligação entre o intestino e o cérebro
  • O cérebro do intestino
  • O químico da felicidade
  • Mudança do comportamento através da alimentação
  • A origem dos problemas
  • Via de dois sentidos (comunicação cérebro-intestino)
  • Efeito duplo do anti-depressivo
  • O meu processo
  • As minhas asneiras alimentares
  • Intolerâncias insuspeitas

Se algum destes tópicos lhe “fala particularmente”, espreite o video.

Existe alguma acção que possa fazer neste momento para melhorar a saúde do seu intestino?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

12 − 7 =