Menu Fechar

Minimalismo, alimentação e máscaras

Há pouco tempo li dois textos que foi impossível não associar, mesmo sem temas que se relacionassem entre si.

E como se comemora o Dia Europeu da Alimentação e da Cozinha Saudável, fez-me sentido trazer esta reflexão à nossa terça minimalista.

O primeiro texto (Minimalism isn’t a magic pill) fala-nos sobre como o minimalismo acaba com as distrações que as coisas materiais na nossa casa são, mas também nos fala sobre como essas coisas nos servem de máscaras. Aquilo que nós somos verdadeiramente fica escondido por trás delas.

E o segundo texto (Uma questão de vibração energética) fala-nos sobre uma experiência na alimentação e em como as escolhas alimentares que muitas vezes fazemos são mais do que distracções para o nosso corpo, deixando-o sobrecarregado à nossa semelhança no exemplo anterior. E eu lembrei-me como várias vezes experimento aquilo de que a autora deste segundo texto fala e como os processos que o corpo tem de enfrentar com a carga de trabalhos que lhe damos devido a essas escolhas, acabam por mascarar sinais e sintomas que de outra forma notaríamos.

Falo por mim mas eu quero ouvir o que o meu corpo tem a dizer quanto às minhas escolhas e suas necessidades. Note to self: voltar a simplificar a minha alimentação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

18 + 4 =