Menu Fechar

Vi por aí: cedro indiscreto

Porque se encontra de tudo por aí…

Recordo que, há muitos anos atrás, ouvi alguém contar um acidente de viação, em que um carro tinha ido bater num poste e recordo-me de, na brincadeira, alguém ter comentado: “que mania que os postes têm de ir mijar no meio da estrada!” (lamento a expressão, mas é corriqueira)

Recordo também que desde essa altura esta expressão ganhou raízes no seio de um grupinho de amigos e é a primeira que me ocorre sempre que passo por este cedro, a caminho de uma aldeia no Alentejo.

vi_por_ai_xixi

É que ele não precisa de vir para o meio da estrada, pois está mesmo à beirinha!

E também acredito que quem lhe costuma podar os outros ramos, também ache piada à sua indiscrição.

Tem visto muitas árvores indiscretas por aí?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

twenty + twelve =