Menu Fechar

Parede grande em branco no jardim?

O tempo bom já se faz sentir nesta parte do globo, mesmo que de forma intermitente e apetece cada vez mais aproveitar os espaços exteriores. Para quem, como nós, tem a felicidade de ter um espaço no exterior, por vezes a dificuldade está em deixá-lo agradável, acolhedor, mas com fácil manutenção.

Havia uma parte deste nosso espaço que era um pouco mais chata porque, pela quantidade de hera e o uso que tem, tinha de estar constantemente a ser cuidado. E tanto hera como espargos, que este espaço tinha em abundância, são um pouco manhosos para quem é mais vulnerável a alergias. Especialmente na hora de os cortar.

Partilhei por aqui como num acesso de energia do maridão, esta zona mudou cara quase da noite para o dia. E ficou tããao melhor!

Hoje, ao ler o conteúdo de uma das pastas de email, e seguindo links no Bloglovin’, dei com um artigo do Apartment Therapy com 7 ideias para dar aquela melhorada numa parede extensa no quintal. Foi então que me dei conta que ainda aqui não tinha partilhado um antes e depois desta nossa zona, pois as dicas transportaram-me para a nossa transformação e a parede em branco que resultou do corte radical da hera ali.

Antes de mais aconselho a ler o artigo e ver as imagens, pois são boas ideias.

Logo a primeira ideia consiste em pintar aquela parede com uma cor forte e arrojada. Na imagem, a parede em preto resultou muito bem. Devo dizer que esta foi a nossa estratégia para fazer face à parede que desnudámos e que resultou muito bem.

Só o facto de ter levado uma pintura numa cor contrastante fez toda a diferença. Ainda hoje, mais de 6 meses depois, comentamos o facto daquele espaço ter ficado muito mais alegre. Diria até que ficou mais a nossa cara.

Para além de que a cozinha ficou mais luminosa, pois aquela é a zona de refeições no exterior, que fica logo à saída da cozinha e para a qual dão as janelas desta divisão da casa.

Antes era uma parede branca, tapada por muita hera e espargos, que apesar de proporcionar uma boa sombra no Verão, tornava a zona demasiado escura.

parede_branca_quintal_antes1

Recordo-me que o meu argumento para o maridão não arrancar a hera por completo era que gostava de ver a zona verde e ter a sombra sobre a mesa. Mas confesso que era em demasia.

parede_branca_quintal_antes2

Por altura desta fotografia estávamos em pinturas, nós duas de volta do quarto dela e o maridão de volta da cozinha. Mas dá para ver a qualidade do verde e da sombra, já que é mais recente do que a anterior.

Mas lá chegou o dia da mudança e, com o corte radical naquele verde, ficámos com uma grande parede vazia.

parede_branca_quintal_antes

Escolhemos então uma cor arrojada para a renovação…

parede_branca_quintal_durante

Uma vez mais, ideia originária do maridão... que gostei imenso.

parede_branca_osdois

A cercadura verde saiu…

parede_branca_quintal_cerca_verde

Entrou pedra…

parede_branca_quintal_pedras4

com a ajuda dos gatos. 🙂

parede_branca_quintal_pedras

E nova delimitação dos canteiros…

parede_branca_quintal_cerca

que depois receberam novos inquilinos…

parede_branca_quintal_pedras3

parede_branca_quintal_pedras2

 

Acrescentámos vasos coloridos para maior destaque…

parede_branca_quintal_vaso2

parede_branca_quintal_vaso1

E agora é tudo o contrário de antes. Resultou num espaço luminoso, divertido, colorido, arejado e de muito baixa manutenção.

parede_branca_quintal_depois

Claro que já atravessou um Inverno e o muro já tem traços de verde, mas faz parte, certo? Para além de que o verde contrasta muito bem com o laranja que escolhemos para a parede. 🙂

Uma outra ideia do artigo do Apartment Therapy é a de colocar alguma espécie de suporte para pendurar vasos na parede. Foi algo que também pensámos na altura. Embora ainda não tenhamos encontrado os vasos que queremos para ali, a estrutura está feita, pintada e montada – graças ao maridão.

São aquelas ripas que se podem ver, à espera de companhia. 😉

E a última ideia da autora, achei deveras original…

parede_branca_arvore2

A questão que se levanta é que a árvore fica muito encostada à casa e aquilo que a árvore cresce para cima, também cresce para baixo. E se em cima nós a podemos moldar, podando os ramos extra, o mesmo não acontece com as raízes.

Mas esta imagem que partilhei há algum tempo no facebook seria uma boa alternativa…

parede_branca_arvore

E a rega dos vasos mais acima lá seria à mangueira. 🙂

Gostou da renovação do nosso cantinho?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

3 + ten =