Menu Fechar

Organização enquanto processo contínuo, dicas da Laura

Viva!

Como parte do Projecto 31 Dias de Organização em Casa, não podia deixar de partilhar algo que encontrei em tempos no site I’m an Organizing Junkie e que me fez sentido. Mesmo não sendo novidade, já referi neste projecto que a organização é um processo contínuo e não uma viagem com destino preciso e marcado que termina quando este é alcançado. Pois a Laura do orgjunkie criou um acrónimo para nos ajudar a conquistar qualquer espaço de qualquer dimensão.
Então com a permissão da autora, gostava de partilhar o acrónimo PROCESS consigo. É mesmo PROCESS de processo em inglês, pelo que na tradução ainda podemos ganhar uma letra no fim!
Assim sendo, o acrónimo refere-se aos seguintes passos:
Plano de ataque – planeie o seu projecto! Que área(s) quer “atacar”? Faça uma lista. Avalie o sistema que usa, o que funciona, o que não funciona, encontre um novo sistema, determine o orçamento e defina o tempo que necessita para o concretizar.
Remover artigos – esvazie completamente o espaço para que possa começar a partir de um espaço limpo. Isto é muito mais eficaz do que remexer a toda a volta, misturando tudo.
Organizar em montes – doar/deitar fora/vender/manter/para outro lugar; juntar no mesmo sítio aquilo que é idêntico; libertar o excesso – quanto mais deixar ir (dando, vendendo, etc), menos espaço tem de encontrar para guardar esses artigos em casa. Pergunte-se a si mesmo se aquilo é mesmo necessário, útil para si e na sua vida no presente. O seu objectivo é trazer de volta para esse espaço apenas aquilo que usa, que cabe no espaço que tem disponível e de que gosta realmente. Vá “deitando fora” até caber!
Conter – encontre soluções de armazenamento. Recipientes contentores (caixas, cestos e afins) estabelecem limites e fronteiras. Defina um espaço para onde os artigos sejam colocados.
Equacionar – (na realidade a Laura define este passo como momento de avaliação do plano, mas como é um E e não um A…!) como é que o seu sistema está a funcionar para si? Está a ser capaz de o levar em frente? O que necessita de ser modificado? Um bom sistema deve ser fácil de manter.
Solucionar/Simplificar quaisquer restantes questões. Dê atenção a tudo aquilo que não esteja a funcionar para si – reveja de acordo.
Sorria, relaxe e desfrute os frutos do seu trabalho árduo!
Diria que, em português e para a última letra poderíamos acrescentar:
Organizar – continuar a fazê-lo e a manter o seu espaço organizado à sua medida!
E pronto! É a dica da Laura e a minha partilha de hoje!
Se seguir o link até ao artigo no site, pode ver mais dicas da Laura para quase todos os passos do processo!
(Este é o dia #23 do Projecto 31 Dias de Organização em Casa. Pode ver a lista de todos os espaços já cobertos, até à data, neste link.)
Beijinhos organizados,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

17 − six =