Menu Fechar

Projecto 31 Dias: Organização na cozinha – feito!

Viva!

Demorei, bem sei!
Não porque a organização na cozinha tenha demorado para terminar, mas porque de seguida nos envolvemos com um outro projecto por si só… a casa das máquinas (vulgo espaço de lavandaria). Esse, sim, ainda não terminámos.

Mas voltando ao tema de hoje. Venho mostrar como resultou a organização na cozinha cá de casa.

A despensa também pode ser um projecto por si só, mas a nossa é pequena e porque não comemos tantas vezes assim em casa, até nem é muito “apetrechada”. Não fazemos compras mensais, vamos comprando no comércio local à medida que vamos gastando, pelo que ainda fiquei com muito espaço disponível. Mas antes estava cheio assim…

Com prateleiras fundas, pode tornar-se o caos para achar algo.

Depois de tirar tudo para fora, limpar e arrumar de volta apenas o que fazia falta naquele espaço, o resultado foi este…

Sim, sobraram prateleiras. Adorei o facto!
A Nikita deu apoio moral…

Já tinha falado no tabuleiro que uso a la lazy susan

E do jeitão que dão os cestos que ficam sob a prateleira…

Se virem bem, aparecem vários pelas fotos! Confesso que quase todos os espaços já levaram mais uma ou outra volta depois de ter terminado porque vou tendo outra noção das necessidades à medida que vou usando. A utilização deste espaço no dia-a-dia costuma ser tão automatizada que há pormenores que escapam à memória consciente. Mas as duas imagens que apresentei como “depois”, estão actualizadas.

Depois da despensa segui a direito pelos armários em volta.

Aquelas manchas no interior dos armários resultaram de uma infiltração numa casa de banho do andar de cima e ainda não foram “corrigidas”. Não foi desta que pintei ou forrei o armário, pois não estou totalmente livre para tal… fica para a próxima revolução. Mas resultou um pouco melhor.

Coloquei mais umas prateleiras entre prateleiras e pendurei as chávenas em ganchos que fiz com clips e  que pendurei na prateleira interior. Não se vê muito bem na foto, mas dá a sensação de ficar mais “arejado”.  

Já o armário das caixas era uma confusão pegada…

E também ficou melhor e mais arejado…

Os utensílios para fazer bolos ficaram todos no mesmo sítio, as caixas redondas (coloridas) – que estavam sempre a escorregar quando se tiravam as caixas do lado – ganharam um novo lugar – onde será raro acontecer o mesmo – e até a tostadeira ganhou um lugarzinho fora da bancada, já que não é usada numa base diária.  

E abaixo do móvel ficou um pouco mais arejado…

Embora ainda não seja o ideal de utilização, ficou bem melhor a meu ver.

Depois passei ao armário dos tachos e panelas, que estava assim…

Pois é! Até os gatos foram ajudar neste…

E garanto que ficou muito melhor, mais arejado e funcional.

E não é que tem sido muito mais fácil manter as coisas assim, arrumadas. Fantástico! Vamos ver depois da sogrinha voltar, uma vez que agora mora connosco a tempo quase inteiro e acaba por fazer mais uso das panelas do que eu.

Mas saiu muita coisa desta cozinha. Não consigo contabilizar os sacos de material que saíram daqui porque as coisas foram indo e sem ser em sacos, mas saiu uma caixa de material para campismo que vai para a casa das máquinas e muitas coisas que dei por não usar ou existirem em duplicado, entre outras que foram fora por já não estarem em condições.  

Ainda consegui enfiar (é o termo mais adequado) as individuais de palhinha no armário do termoacumulador…

Não está perfeito… procurei seguir uma boa ideia que surgiu, mas que implica outros materiais. Para já, estão fora da vista e da gaveta, onde ocupavam muito espaço.

O que segura os cordéis é um suporte de chávenas que comprei no Leroy para outro armário, mas achei-o muito fraquinho e o peso das chávenas mais pequenas faz com que fique muito aberto e pendurado, ocupando mais espaço do que necessitaria. Foi eliminado, mas tinha de servir para alguma coisa, certo?! Para já, fica ali.  

Entretanto, apercebi-me que não tenho um antes do armário dos copos e canecas – já disse que adoro canecas? – mas tenho um depois e garanto que levou uma limpeza.

Em cima da bancada também houve limpeza, simplificação e organização. Passou disto…

para isto…

E também já não tem o pote de mel em baixo. Pode não parecer, mas faz muita diferença.

As especiarias ficaram num tabuleiro – é só puxar! E tinha coisas demais neste espaço. Ficou bem melhor.  

E pronto! Ficou a faltar o espaço debaixo do lava-louças, o dos produtos de limpeza e as gavetas dos panos e toalhas. Sei que é muito, mas terão de ficar para segundas núpcias porque quisemos aproveitar a disponibilidade para arrumar a casa das máquinas. Esse vai ser o próximo antes e depois.  

Bem, eu acho que ficou bem melhor e com menos coisas também. Claro que sobraram algumas coisas que ainda não ganharam nova casa, mas que estão à espera do “novo” espaço.  

Espero que tenha gostado da visita virtual e talvez possa ter suscitado algumas ideias.

(Este é o dia #8 do Projecto 31 Dias de Organização em Casa. Se não está a acompanhar o projecto, pode ver a lista dos espaços já cobertos até à data no primeiro artigo, clicando no link.)

Beijocas arejadas,
Sofia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

fifteen − 13 =