Menu Fechar

Porta-trecos sob a prateleira

E pendurei-as lado a lado debaixo de uma prateleira. A bem dizer, o maridão é que as pendurou a pedido. Foi uma ajuda fantástica para fazer os rasgos nas latas, fazer os furos e prendê-las!

Experimentei prendê-las com cola quente, mas qual quê?… Não quiseram ficar! O melhor de que me lembrei, foi colocar escápulas na prateleira e fazer uns rasgos nas latas, de forma a que estas entrassem e deslizassem para trás, ficando seguras. Bem, bem, tinha ficado se tivesse levado duas escápulas por lata- dava-lhes maior estabilidade. Mas como só tínhamos 3, teve de chegar e dois bons clips (a melhor ferramenta do McGuyver) fizeram o resto!

E pronto! Ficou muito bem!
Claro que se formos perfeccionistas, podemos dizer que o papel podia ter ficado melhor colado na lata, pois ficou com alguns vincos. Gosto de dar atenção aos detalhes, mas considero-me prática e… pronto! Por vezes entusiasmo-me e quero ver o resultado o quanto antes!
Mas mesmo com vincos, estou muito contente com os meus novos porta-trecos que já ajudaram a libertar espaço na prateleira do lado.

Mas o escritório vai ter mais “mexidas arteiras”, por isso… stay tuned!

Beijocas de noite de lua cheia,
Sofia

Viva!

Sei que tenho andado meio sumida, mas a vida tem andado às voltas e, volta-não-volta, dá que fazer.
No entanto, este fim de semana está a ser reparador! Precisava de descansar e de criar alguma coisa. E assim tem sido.

Assim sendo, decidi reutilizar umas latas de capuccino que andava a guardar.

Forrei-as com um papel divertido.

E pendurei-as lado a lado debaixo de uma prateleira. A bem dizer, o maridão é que as pendurou a pedido. Foi uma ajuda fantástica para fazer os rasgos nas latas, fazer os furos e prendê-las!

Experimentei prendê-las com cola quente, mas qual quê?… Não quiseram ficar! O melhor de que me lembrei, foi colocar escápulas na prateleira e fazer uns rasgos nas latas, de forma a que estas entrassem e deslizassem para trás, ficando seguras. Bem, bem, tinha ficado se tivesse levado duas escápulas por lata- dava-lhes maior estabilidade. Mas como só tínhamos 3, teve de chegar e dois bons clips (a melhor ferramenta do McGuyver) fizeram o resto!

E pronto! Ficou muito bem!
Claro que se formos perfeccionistas, podemos dizer que o papel podia ter ficado melhor colado na lata, pois ficou com alguns vincos. Gosto de dar atenção aos detalhes, mas considero-me prática e… pronto! Por vezes entusiasmo-me e quero ver o resultado o quanto antes!
Mas mesmo com vincos, estou muito contente com os meus novos porta-trecos que já ajudaram a libertar espaço na prateleira do lado.

Mas o escritório vai ter mais “mexidas arteiras”, por isso… stay tuned!

Beijocas de noite de lua cheia,
Sofia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

5 × 1 =